Obras em curso
    • Obra de Construção da Nova Biblioteca Central de Macau – Demolição, Fundações e Caves

      A Nova Biblioteca Central de Macau ficará no terreno localizado entre o cruzamento da Avenida de Sidónio Pais com a Rua Filipe O’Costa (antigo Hotel Estoril), numa área de cerca de 2 960 m2. De acordo com o projecto, a biblioteca terá 4 pisos de altura, com cave para o armazenamento, com uma área bruta de construção de cerca de 12 710 m2, dispondo igualmente de espaço para a biblioteca principal, salas de reunião, zona de aprendizagem e zona de leitura pública. Em articulação com o progresso global, o projecto será implementado em duas fases, sendo a 1.ª fase destinada à demolição do antigo Hotel Estoril e à construção das fundações e caves da nova biblioteca, tendo como prazo máximo de execução 450 dias de trabalho. Tendo em conta que a área de execução da obra é adjacente à Piscina Estoril, actualmente em funcionamento, e que o grau de dificuldade de construção e os requisitos técnicos são mais complexos em comparação com as outras obras, bem como a segurança do ambiente circundante durante o período de construção é mais exigente, deve o empreiteiro dispor de elevada experiência e capacidade na escavação de fundações, pelo que, para a realização da presente obra, adopta-se a modalidade de consulta.

      Informação detalhada>>

    • Obra de reordenamento da rede viária e de drenagem periférica da Estrada Flor de Lótus no Cotai

      Em articulação com a construção do Complexo Flor de Lótus no Cotai e a entrada em funcionamento da Linha de Hengqin do Metro Ligeiro, é necessário proceder ao planeamento e reordenamento das vias públicas e da drenagem nas imediações da Estrada Flor de Lótus no Cotai (perto do Posto Fronteiriço da Flor de Lótus original), sendo que a obra envolve vias, drenagem, sinalização de trânsito, fornecimento de energia eléctrica, obras de estrutura e de arborização, entre outros. Esta obra está dividida em três fases, abrangendo uma área de execução de cerca de 30 000 m2, com o prazo de execução de 220 dias de trabalho: A primeira fase incidirá principalmente na faixa de rodagem da Ponte Flor de Lótus em direcção à Estrada Flor de Lótus, sendo construídas uma nova rede de drenagem e vias por etapas. A segunda fase incidirá na faixa de rodagem do outro lado da Ponte Flor de Lótus em direcção à Estrada Flor de Lótus, também serão construídas nova rede de drenagem e vias. A terceira fase incidirá na faixa de rodagem da Estrada Flor de Lótus em direcção à Rotunda Marginal, sendo necessária a transferência da actual paragem de autocarros para a construção da nova rede de drenagem e vias, mantendo-se, durante o respectivo período, a circulação condicionada numa única via da Estrada Flor de Lótus em direcção à Rotunda Marginal.

      Informação detalhada>>

    • Empreitada de construção do edifício de escritórios para a administração no lote Q-1d da ZAPE – Fundações e caves

      O projecto será implementado no lote Q-1d da ZAPE, com uma área de terreno de cerca de 2 770 m2, onde será construído um edifício de escritórios para a administração com 11 pisos e 3 pisos em cave, com a área bruta de construção de cerca de 27 720 m2, para a finalidade de administração dos serviços públicos. Para articular com o andamento geral, o projecto será implementado em duas fases, de construção das fundações e caves e de construção da superestrutura, com lançamento de dois concursos respectivamente. O objecto do presente concurso é construção das fundações e 3 pisos em cave, sendo o prazo máximo de execução de 550 dias de trabalho.

      Informação detalhada>>

    • Empreitada de construção da passagem superior para peões na Avenida Marginal do Patane (Fase 1)

      A fim de optimizar a segurança na passagem pedonal dos cidadãos e fornecer um ambiente pedonal confortável e de fácil acesso, será construída uma passagem superior para peões na intersecção entre a Avenida Marginal do Patane e Rua Sul do Patane com o objectivo de criar, de forma progressiva, uma rede pedonal que interliga a travessia pedonal da Rua da Doca do Lam Mau. Na fase de estudo preliminar do respectivo projecto, a respeito do planeamento rodoviário, foram ouvidos os serviços responsáveis pelo planeamento urbano e trânsito, sendo que, quanto à localização dos acessos à passagem superior para peões, também foram consideradas questões com ela relacionadas. A obra será dividida em 2 fases para efeitos de realização, cuja 1.a fase da obra consistirá na construção de uma passagem superior para peões de forma “L” que fará uma ligação com Van Sion Son Chun, Trust Leisure Garden e o Edifício Industrial Ásia, sendo a respectiva passagem superior para peões equipada por instalações de apoio tais como elevadores, escadas rolantes ou escadas, entre outras, que interliga com os corredores pedonais público dos respectivos edifícios habitacionais podendo assim fornecer um ambiente pedonal seguro para os cidadãos, e será ainda interligada com a travessia pedonal da Rua da Doca do Lam Mau, formando assim um sistema pedonal contínua regional. Dado que os locais de acesso da passagem superior para peões da 2.a fase da obra implicam desvio de tubagens subterrâneas complexas, sendo assim, a mesma será iniciada oportunamente conforme a situação.

      Informação detalhada>>

    • Empreitada de Concepção e Construção de Via de Acesso (A3) entre Zona ‘A’ dos Novos Aterros Urbanos e a Península de Macau

      Em articulação com a calendarização do desenvolvimento geral da Zona A dos Novos Aterros Urbanos e para tornar mais fluído a circulação de veículos de e para Ilha Fronteiriça Artificial da Ponte Hong Kong – Zhuhai – Macau e, na sequência da entrada em funcionamento do viaduto A1 e da construção do viaduto A2 em curso, planeia-se a construção de um terceiro viaduto A3 para melhor acessibilidade para os veículos que circulem de e para Posto Fronteiriço da Ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau, formando assim uma rede viária interzonal. De acordo com o planeamento do viaduto A3, a sua construção será dividido em 4 rampas de acesso no lado da Península de Macau que farão ligação com a Ponte da Amizade (a), a rampa de acesso da Ponte da Amizade (b), a Avenida da Amizade (c) e as vias do Terminal Marítimo do Porto Exterior (d) e dará acesso ao viaduto que liga ao Posto Fronteiriço da Quarta Ponte Macau-Taipa situada na Zona A dos Novos Aterros Urbanos, com cerca de 750m de comprimento, duas faixas de rodagens nos dois sentidos na linha principal da mesma, sendo as rampas de acesso da mesma de sentido único. O prazo máximo de concepção e construção é de 950 dias de trabalho. Por outro lado, foi reservado um local na área de implementação do projecto para a futura construção de uma passagem superior para peões que fará ligação desde o passeio pedonal do reservatório até à Zona A dos Novos Aterros Urbanos.

      Informação detalhada>>

    • Empreitada de Alargamento da Estrada do Altinho de Ká Hó em Coloane – Zona I

      Em articulação com o desenvolvimento da comunidade de Seac Pai Van e dos lotes envolventes, e para satisfazer, a longo prazo, as necessidades crescentes de deslocação pelos meios de transporte, é necessário alargar a Estrada do Altinho de Ká Hó entre a Rotunda de Seac Pai Van e a Rotunda do Altinho de Ká Hó e aumentar o número das faixas de rodagem e dos passeios, para que os residentes da zona tenham um melhor ambiente de deslocação. A obra será executada em duas zonas, esta obra realizada na primeira zona inclui um troço da Estrada do Altinho de Ká Hó, entre a Rotunda de Seac Pai Van e a Avenida de Vale das Borboletas, com cerca de 670 metros de comprimento. A obra abrange alargamento das duas faixas de rodagem para quatro faixas, construção de passeios, drenagem, taludes e muros de contenção de solos, bem como, para articular com a execução da obra, transferência ou remoção necessária de espaço verde, árvores e colinas rochosas, entre outros. O monumento localizado na Rotunda de Seac Pai Van vai manter-se no mesmo local. Para além disso, esta Direcção dos Serviços já iniciou os trabalhos de elaboração do projecto da segunda zona da obra de alargamento da Estrada do Altinho de Ká Hó, situada na Estrada do Altinho de Ká Hó entre a Avenida de Vale das Borboletas em Coloane e a Rotunda do Altinho de Ká Hó, e planeia-se que as duas faixas de rodagem sejam alargadas para três faixas, com cerca de 1170 metros de comprimento.

      Informação detalhada>>

    • Empreitada de Construção do Edifício do Tribunal de Última Instância na Avenida da Praia Grande – Obra da superestrutura

      O edifício do antigo tribunal situado na Avenida da Praia Grande e as antigas instalações da Polícia Judiciária na Rua Central serão modificados para a construção do Edifício do Tribunal de Última Instância, com uma área total dos dois lotes de 3 524m2. O edifício do antigo tribunal será mantido e uma parte do espaço será reordenada conforme as novas funções e, simultaneamente, serão realizados os trabalhos de consolidação da estrutura e remodelação no interior. A par disso, será mantida a fachada da ala leste das antigas instalações da Polícia Judiciária ao longo da rua, e em seguida será construído um novo edifício com 1 piso em cave e 3 pisos de altura, com o prazo máximo de execução de 600 dias de trabalho. A empreitada será implementada em duas fases, a primeira fase visa a construção das fundações, da cave e dos suportes de paredes exteriores do novo edifício, que foi executada em Outubro de 2022, sendo iniciada de forma ordenada a obra da superestrutura.

      Informação detalhada>>

    • Empreitada da Reconstrução da Estação Elevatória das Águas Residuais da Barra (EP2) - 1.a Fase

      Devido à sobrecarga na drenagem de águas residuais verificada na estação elevatória de águas residuais (EP2) na Barra e para haver uma articulação com o futuro desenvolvimento da respectiva zona, planeia-se realizar os trabalhos de reordenamento, de forma faseada, na estação elevatória de águas residuais (EP2) da Barra e nos sistemas de drenagem subterrânea circundantes no intuito de aperfeiçoar a capacidade de drenagem da estação elevatória de águas residuais e da drenagem subterrânea pública. A 1.a fase consiste sobretudo na construção de uma nova estação elevatória de águas residuais (EP2) para substituir a estação elevatória de águas residuais (EP2) existente com o objectivo de elevar a capacidade de bombagem da estação elevatória de águas residuais. O prazo máximo de execução da obra é de 320 dias de trabalho. No que concerne ao concurso para a obra de ordenamento de drenagem subterrânea desde a Rua de S. Tiago da Barra até à Avenida da República e na Avenida Panorâmica do Lago Sai Van, este será lançado de forma ordenada.

      Informação detalhada>>

    • Empreitada de concepção e construção da galeria técnica e arruamentos na Zona A dos Novos Aterros Urbanos – Zona Sul

      A galeria técnica a construir, de forma faseada, por baixo das principais vias rodoviárias da Zona A dos Novos Aterros Urbanos terá um total de 6,6km de comprimento e circunscreverá a Zona A dos Novos Aterros Urbanos. Na galeria técnica subterrânea serão instalados equipamentos de utilização colectiva (incluindo cabos eléctricos, tubagens de água canalizada, de águas semi-tratadas e redes de comunicação) com vista a facilitar os trabalhos de manutenção, reparação e ampliação no futuro e minimizar o impacto que as repetidas escavações causam no trânsito. O presente concurso tem como objecto na zona sul da Zona A dos Novos Aterros Urbanos e o projecto inclui a construção de galerias técnicas, drenagens subterrâneas e arruamentos, entre as quais, a galeria técnica terá cerca de 2,2km de comprimento. O concurso adopta a modalidade de concepção e construção e o prazo máximo de concepção e construção é de 600 dias de trabalho.

      Informação detalhada>>

    • Edifício de Apoio ao Centro de Formação e Estágio de Atletas - Fundações e Caves

      O Edifício de Apoio ao Centro de Formação e Estágio de Atletas ficará localizado na Rua de Ténis e Rua da Patinagem, junto ao Centro de Formação e Estágio de Atletas, com uma área de cerca de 10 388m2. O edifício será composto por dois blocos, de 3 pisos e 5 pisos de altura, respectivamente, com 2 pisos em cave. A implementação do Edifício será realizada em duas fases, a primeira de “fundações e cave” e a segunda de “superestrutura”. A presente obra visa a construção das fundações e caves, com o prazo máximo de execução de 600 dias de trabalho.

      Informação detalhada>>

    • Empreitada de concepção e construção de habitação pública no lote B12 da Nova Zona de Aterro A

      O empreendimento será implementado no lote B12 da Nova Zona de Aterro A, com uma área de 7 392m2, destinado a habitação, auto-silo público, instalações comerciais e sociais. Com a sua conclusão, poderá fornecer de cerca de 805 fracções habitacionais. O procedimento de concurso do referido empreendimento adopta a modalidade de empreitada de concepção e construção, de igual modo, será introduzido um método de construção amigo do ambiente e serão utilizados elementos pré-fabricados e cofragens metálicas para a construção, sendo o prazo máximo de concepção e construção de 1150 dias de trabalho.

      Informação detalhada>>

    • Empreitada de concepção e construção de habitação pública no lote B11 da Nova Zona de Aterro A

      O empreendimento será implementado no lote B11 da Nova Zona de Aterro A, com uma área de 6 715m2, destinado a habitação, auto-silo público, instalações comerciais e sociais. Com a sua conclusão, poderá fornecer de cerca de 768 fracções habitacionais. O procedimento de concurso do referido empreendimento adopta a modalidade de empreitada de concepção e construção, de igual modo, será introduzido um método de construção amigo do ambiente e serão utilizados elementos pré-fabricados e cofragens metálicas para a construção, sendo o prazo máximo de concepção e construção de 1150 dias de trabalho.

      Informação detalhada>>

    • Empreitada de concepção e construção de habitação pública no lote B8 da Nova Zona de Aterro A

      O empreendimento será implementado no lote B8 da Nova Zona de Aterro A, com uma área de 14 662m2, destinado a habitação, auto-silo público, instalações comerciais e sociais. Com a sua conclusão, poderá fornecer de cerca de 1495 fracções habitacionais. O procedimento de concurso do referido empreendimento adopta a modalidade de empreitada de concepção e construção, de igual modo, será introduzido um método de construção amigo do ambiente e serão utilizados elementos pré-fabricados e cofragens metálicas para a construção, sendo o prazo máximo de concepção e construção de 1250 dias de trabalho.

      Informação detalhada>>

    • Empreitada de concepção e construção de habitação pública no lote B7 da Nova Zona de Aterro A

      O empreendimento será implementado no lote B7 da Nova Zona de Aterro A, com uma área de 12 786m2, destinado a habitação, auto-silo público, instalações comerciais e sociais. Com a sua conclusão, poderá fornecer de cerca de 1334 fracções habitacionais. O procedimento de concurso do referido empreendimento adopta a modalidade de empreitada de concepção e construção, de igual modo, será introduzido um método de construção amigo do ambiente e serão utilizados elementos pré-fabricados e cofragens metálicas para a construção, sendo o prazo máximo de concepção e construção de 1250 dias de trabalho.

      Informação detalhada>>

    • Empreitada de concepção e construção de habitação pública no lote B5 da Nova Zona de Aterro A

      O empreendimento será implementado no lote B5 da Nova Zona de Aterro A, com uma área de 9 682m2, destinado a habitação, auto-silo público, instalações comerciais e sociais, bem como centro modal de transportes públicos. Com a sua conclusão, poderá fornecer de cerca de 1003 fracções habitacionais. O procedimento de concurso do referido empreendimento adopta a modalidade de empreitada de concepção e construção, de igual modo, será introduzido um método de construção amigo do ambiente e serão utilizados elementos pré-fabricados e cofragens metálicas para a construção, sendo o prazo máximo de concepção e construção de 1150 dias de trabalho.

      Informação detalhada>>

    • Empreitada de Construção de Viaduto na Rotunda da Amizade - 2.a Fase

      A presente obra faz parte da 2.a fase do projecto de sistema de transporte tridimensional na Rotunda da Amizade e consiste sobretudo na construção de um viaduto (rampa B) que dará acesso desde a Zona A dos Novos Aterros Urbanos até à Avenida do Nordeste, que se iniciará na extremidade norte do acesso situado no exterior ao redor da Zona A dos Novos Aterros Urbanos, passará pela Avenida Doutor Ma Man Kei e a Avenida da Ponte da Amizade, percorrendo ao longo da área exterior circundante do lote P e fará ligação com a via no sentido oeste da Avenida do Nordeste. O viaduto, com um único sentido de trânsito e passeio num lado do mesmo, terá cerca de 750m de comprimento. O prazo máximo de execução é de 550 dias de trabalho. De acordo com o planeamento, o sistema de transporte tridimensional na Rotunda da Amizade é composto por 3 viadutos, entre os quais, os viadutos da rampa A e da rampa C que entraram em funcionamento no final de 2022.

      Informação detalhada>>

    • Complexo de Cuidados de Saúde das Ilhas- Empreitada de Construção do Edifício do Hospital de Reabilitação

      O Edifício do Hospital de Reabilitação no Complexo de Cuidados de Saúde das Ilhas que faz parte da segunda fase do Hospital das Ilhas, ficará localizado no aterro adjacente ao Reservatório de Seac Pai Van, na Estrada do Istmo no Cotai, com uma área de implementação de cerca de 3 200m2. O referido edifício terá 15 pisos de altura e 2 pisos em cave, com uma área bruta de construção de 44 400m2, com quatro passagens superiores de acesso para peões ao Edifício do Hospital Geral e às paragens de autocarros. O prazo máximo de execução da empreitada é de 1020 dias de trabalho. Tendo em conta o plano de construção, foram fixadas três metas obrigatórias de execução, sendo o prazo máximo para a conclusão de fundações por estacas e contenção em estacas de 280 dias de trabalho, o prazo máximo para a conclusão da cave até à laje do rés-do-chão de 244 dias de trabalho e o prazo máximo para a conclusão do rés-do-chão até à laje de cobertura e todos os elementos estruturais acima da laje de cobertura de 280 dias de trabalho.

      Informação detalhada>>

    • Empreitada de Construção da Travessia Pedonal ao longo da Avenida do Nordeste – Breve apresentação da obra

      Para melhorar o ambiente de deslocação dos cidadãos ao longo da Avenida do Nordeste da Zona Norte, planeia-se, entre a Avenida de Venceslau de Morais e a Avenida do Nordeste da Rua Central da Areia Preta da Zona Norte da Península de Macau, construir uma travessia pedonal, com cerca de 600 metros de comprimento, e ao longo do percurso, serão instalados os acessos (1.ª zona) e construído um corredor com cobertura de protecção contra chuva, com cerca de 700 metros de comprimento, situado no Parque Urbano da Areia Preta ao longo da Avenida 1.º de Maio e Avenida Leste do Hipódromo (2.ª zona), bem como construir uma passagem superior para peões interligada (3.ª zona), sendo que a travessia pedonal irá estar equipada com as instalações sem barreiras. A obra na 1.ª zona visa construir a travessia pedonal localizada na Avenida do Nordeste, cujo anúncio do concurso foi publicado no dia 7 de Fevereiro de 2024.

      Informação detalhada>>

    • Empreitada de acesso de ligação entre as estações da Linha da Taipa e da Linha de Hengqin do Metro Ligeiro

      A linha de Hengqin do Metro Ligeiro está, neste momento, em construção, de forma ordenada, visando a entrada em funcionamento em 2024 e será concretizada a correspondência com a Linha da Taipa, cujo piso de correspondência das duas linhas situará na parte do pódio do Edifício Multifuncional na Estrada Flor de Lótus no Cotai (terreno onde anteriormente ficava o Posto Fronteiriço da Flor de Lótus) e a construção do Edifício Multifuncional será realizada de forma faseada. Com o início da obra de fundações por estacas no ano passado (em Outubro de 2022) e dado à necessidade de articular com o andamento da construção da Linha de Hengqin do Metro Ligeiro, dar-se-á início à empreitada de acesso de ligação entre as respectivas estações, cujo conteúdo da obra inclui a construção parcial da estrutura da cave e da estrutura do pódio, bem como os trabalhos de remodelação e a obra electromecânica do acesso de ligação. O acesso de ligação situará próximo do lado leste do 1.o andar do pódio e fará ligação entre a Estação HE1 da Linha de Hengqin e a Estação de Lótus da Linha da Taipa o que permitirá a correspondência das duas linhas no mesmo piso, facilitando assim a deslocação dos cidadãos e dos turistas. No que concerne às obras referentes às outras áreas do Edifício Multifuncional, estas serão iniciadas em tempo oportuno em articulação com o andamento dos trabalhos de concepção.

      Informação detalhada>>

    • Empreitada de Concepção e Construção da Passagem Superior para Peões na Avenida Marginal Flor de Lótus da Taipa

      Em articulação com o desenvolvimento da Taipa e a optimização das instalações de travessia pedonal, o Governo da RAEM vai construir uma passagem superior para peões na Avenida Marginal Flor de Lótus na Taipa, criando um ambiente para circulação de peões separado da circulação de veículos, bem como adoptará instalações sem barreiras arquitectónicas, por forma a facilitar a deslocação dos cidadãos. O empreendimento, na Avenida Marginal Flor de Lótus, na Taipa, ligará o passeio junto da Pousada Marina Infante e o passeio junto do Hotel Galaxy. Nos dois acessos da passagem superior para peões serão instalados, respectivamente, um elevador, uma escada rolante e uma escada. O procedimento de concurso da empreitada adopta a modalidade de empreitada de concepção e construção, sendo o prazo máximo de concepção e construção de 360 dias de trabalho.

      Informação detalhada>>

    • Empreitada de concepção e construção da galeria técnica e arruamentos na Zona A dos Novos Aterros Urbanos - Zona Central

      Será construída uma galeria técnica por baixo das principais vias rodoviárias da Zona A dos Novos Aterros Urbanos, com 6,6 quilómetros de comprimento, que circunscreverá a Zona A. Na galeria técnica serão instalados os equipamentos de utilização colectiva (inclusive cabos eléctricos, tubos de abastecimento de água e de água reciclada, bem como rede de telecomunicações), com vista a facilitar a conservação, reparação e ampliação no futuro e minimizar o impacto que as repetidas escavações causam no trânsito.O empreendimento será desenvolvido por fases, sendo que o presente concurso tem como objecto o troço na zona central da Zona A com o comprimento de cerca de 1,6 quilómetros que incluirá os trabalhos de construção de galeria técnica, rede de drenagem e arruamentos. O procedimento de concurso adopta a modalidade de empreitada de concepção e construção, sendo o prazo máximo de concepção e construção de 580 dias de trabalho.

      Informação detalhada>>

    • Empreitada de concepção e construção da galeria técnica e arruamentos na Zona A dos Novos Aterros Urbanos – Zona Norte

      Será construída uma galeria técnica por baixo das principais vias rodoviárias da Zona A dos Novos Aterros Urbanos, com 6,6 quilómetros de comprimento, que circunscreverá a Zona A. Na galeria técnica serão instalados os equipamentos de utilização colectiva (inclusive cabos eléctricos, tubos de abastecimento de água e de água reciclada, bem como rede de telecomunicações), com vista a facilitar a conservação, reparação e ampliação no futuro e minimizar o impacto que as repetidas escavações causam no trânsito.O empreendimento será desenvolvido por fases, sendo que o presente concurso tem como objecto o troço na zona norte da Zona A com o comprimento de cerca de 2,3 quilómetros que incluirá os trabalhos de construção de galeria técnica, rede de drenagem e arruamentos. O procedimento de concurso adopta a modalidade de empreitada de concepção e construção, sendo o prazo máximo de concepção e construção de 580 dias de trabalho.

      Informação detalhada>>